Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hora do Planeta

20
Jan16

Mapa hosi NASA hatudu nasaun sira ne'ebé poluídu liu iha mundu

SAPO TL

Imajen sira ne'ebé foin lalais ne'e fó sai hosi ajénsia espasiál norte-amerikanu, NASA, hatudu nasaun ne'ebé maka poluídu liu iha mundu no área sira hosi globo aumenta ona - ka hamenus - nia emisaun sira gás ho efeitu estufa iha tinan sanulu ikus ne'e. 


 



Kór laranja ho kór mean hatudu área poluída sira


 


Mapa hatudu katak, maski iha entre área sira ne'ebé aat liu iha mundu tomak, Estadus Unidus, Europa Osidentál ho Japaun hatudu di'ak entre tinan 2005 no 2014 - karik tanba resesaun ekonómiku.


 


Iha kontinente europeu, poluisaun tuun to'o 50%, avansa hosi jornál Globo, hanesan rezultadu hosi restrisaun maka'as kona-bá nasaun poluente sira. Iha Estadus Unidus, maski emisaun sira tuun ona iha nível globa, iha avansu iha estadu balun to'o 30%, hanesan iha Texas no Carolina-Norte, ne'ebé iha produsaun maka'as ba petróleu no gás natural.


 


Iha nasaun sira hanesan Xina, Índia ho parte balun hosi Médiu Oriente, liuliu iha rehiaun hosi golfu Pérsiku, fatin sira ne'ebé ekonomia no atividade industriál hahú iha espansaun, poluisaun aumenta ona.


 


Imajen sira hosi NASA hatudu mós movimentu interesante ida iha norte xinés, ne'ebé sidade sira industrializadu liu no produsaun enerjia aumenta maka'as. Iha jerál, área hatudu aumentu konsiderável ida hosi emisaun gás sira nian, Pekin, kapitál nasaun nian, iha diminuisaun konsiderável ida.


 


Tuir sientista Bryan Duncan, ne'ebé lidera estudu iha sentru semo espasiál Goddard, ne'e iha ligasaun ba presaun boot ida hosi klase médiu ne'ebé aumenta iha Pekin tanba ár di'ak ida - tuir istória sidade boot konsidera hanesan sidade ida ne'ebé iha liu poluisaun iha mundu.


 


Iha Brazil, mapa sira hatudu katak kuadru jerál mantén similar, sei dook hosi lansamentu aas hosi gás sira ne'ebé akontese iha rejiaun sira ne'ebé dezenvolvidu liu iha mundu - maibé, sentru sira ne'ebé poluídu liu, hanesan Grande São Paulo, aas nafatin no iha indíse preokupante sira, hanesan ho sidade boot globál sira.


 


Mapa sira hosi ajénsia espasiál amerikanu hatudu mós efeitu sira hosi movimentasaun demográfiku, hanesan akontese tanba funu sivil iha Síria: bainhira índise sira hosi dioksidu karbonu tuun maka'as iha nasaun, liuliu iha sidade boot hanesan kapitál Damasku no Aleppo, emisaun sira aumenta iha nasaun viziñu ne'ebé simu refujiadu síriu sira.


 


Hahú tinan 2004, NASA haree emisaun sira iha planeta tomak liuhosi instrumentu ida ne'ebé instala iha nia satelit Aura. Entre sira, iha dióksidu nitrojéniu, ne'ebé mosu bainhira sunu kombustível fósil sira, liuliu hosi karreta sira, tanba produsaun enerjia nian no tanba atividade industriál nian.


 


ho Green Savers

20
Jan16

Mapa da NASA mostra os países mais poluídos do mundo

SAPO TL

Imagens recentemente divulgadas pela agência espacial norte-americana, NASA, revelam quais os países mais poluídos do mundo e que áreas do globo aumentaram – ou reduziram – as suas emissões de gases com efeito de estufa nos últimos dez anos. 


 



Laranja e vermelho são as áreas poluídas


 


O mapa revela que, embora ainda estejam entre as áreas com o pior ar em todo o mundo, Estados Unidos, Europa Ocidental e Japão apresentaram melhorias entre 2005 e 2014 – provavelmente devido à recessão económica.


 


No continente europeu, a queda da poluição chegou a até 50%, avança o jornal Globo, como resultado da maior restrição sobre os poluentes. Nos Estados Unidos, embora as emissões tenham sido reduzidas globalmente, elas avançaram até 30% em alguns estados, como o Texas e a Carolina do Norte, onde há intensa produção de petróleo e gás natural.


 


Em países como China, Índia e parte do Oriente Médio, principalmente na região do golfo Pérsico, locais cujas economias e actividade industrial estão em expansão, a poluição aumentou.


 


As imagens da NASA mostram também um movimento interessante no norte chinês, onde estão as cidades mais industrializadas e a produção de energia se torna cada vez mais intensa. Enquanto a área, em geral, apresentou um aumento considerável da emissão de gases, Pequim, a capital do país, registou uma considerável redução.


 


Segundo o cientista Bryan Duncan, que lidera o estudo no centro de voo espacial Goddard, isso deve-se a uma maior pressão da crescente classe média de Pequim por um ar melhor – a metrópole é historicamente considerada uma das cidades mais poluídas do mundo.


 


No Brasil, os mapas mostram que o quadro geral se manteve similar, ainda longe dos altíssimos lançamentos de gases ocorridos nas regiões mais desenvolvidas do mundo – porém, centros tradicionalmente mais poluídos, como a Grande São Paulo, continuam com altos e preocupantes índices, semelhantes às de outras metrópoles globais.


 


Os mapas da agência espacial americana mostram também os efeitos da movimentação demográfica, como a ocorrida por causa da guerra civil na Síria: enquanto os índices de dióxido de carbono caíram consideravelmente no país, principalmente em cidades maiores como a capital Damasco e Aleppo, as emissões cresceram nos países da vizinhança que mais receberam refugiados sírios.


 


Desde 2004, a Nasa monitoriza as emissões em todo o planeta através de um instrumento instalado no seu satélite Aura. Entre elas, as de dióxido de nitrogénio, resultado da queima de combustíveis fósseis, principalmente por carros, pela produção de energia e pela actividade industrial.


 


com Green Savers

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D