Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hora do Planeta

09
Jan16

Governu Giné-Bisau nian disponibiliza euro millaun ida ba defeza biodiversidade nian

SAPO TL

Governu Giné-Bisau nian disponibiliza euro millaun ida ba Fundação BioGuiné, ne’ebé espesiál iha konservasaun biodiversidade iha nasaun.





 


Osan ne’ebé mobiliza hosi Ministériu Ekonomia no Finansas ne’e entrega ba Sekretaria Estadu Peska nian no hosi nia aloka ba Fundação BioGuiné.


 


Tuir ministru Ekonomia no Finansas nian, Geraldo Martins, ho jestu ne’e, Governu "hatudu sinál klaru hosi nia empeñamentu" iha konservasaun ba espésie sira no biodiversidade.


 


" Giné-Bissau mak nasaun afrikana mesak no karik mundiál iha termu biodiversidade. Iha illa furak iha Bijagós 88, iha ipopótamu mariñu, lenuk tolun", destaka Geraldo Martins.


 


Karateriza ida ne’ebé hatete mak "dinámika biolójika" ne’ebé akontese iha territóriu Giné-Bisau nian, governante ne’e nota mós katak nasaun ne’e hanesan fatin charneira ne’ebé fó benefísiu ba nasaun viziñu sira iha termu rikeza biolójika no mariña.


 


Osan ne’ebé disponibiliza hodi fó apoiu ba asaun konservasaun ba área protejida sira, liu-liu iha floresta (fatin ikas sira tolu ba) no espésie mariña sira.


 


Dadus hosi Instituto Nacional das Áreas Protegidas (INAP) hatudu 15% hosi territóriu gineense konsidera hanesan área protejida.


Fundação BioGuiné hari’i hodi organiza  Sistema Nacional das Áreas Protegidas no kordena dezenvolvimentu sosiál sustentável komunidade sira-nian.


 


SAPO TL ho Lusa

09
Jan16

Governo da Guiné-Bissau disponibiliza um milhão de euros para defesa da biodiversidade

SAPO TL

O Governo da Guiné-Bissau disponibilizou um milhão de euros para a Fundação BioGuiné, especializada na conservação da biodiversidade no país.





 


O dinheiro, mobilizado pelo Ministério da Economia e Finanças foi entregue à Secretaria de Estado das Pescas, que por sua vez o canalizou para a Fundação BioGuiné.


 


Para o ministro da Economia e Finanças, Geraldo Martins, o Governo, com este gesto, "está a dar um sinal claro do seu empenhamento" na conservação das espécies e da biodiversidade.


 


"A Guiné-Bissau é a exceção africana e provavelmente mundial em termos da biodiversidade. São as 88 ilhas paradisíacas dos Bijagós, são os hipopótamos marinhos, é a desova das tartarugas", destacou Geraldo Martins.


 


Caraterizando o que diz ser "dinâmica biológica" que ocorre no território da Guiné-Bissau, o governante notou ainda que o país é um espaço charneira que beneficia os países vizinhos em termos da riqueza biológica e marinha.


 


O dinheiro disponibilizado destina-se a apoiar as ações de conservação das áreas protegidas, nomeadamente os mangais (locais da desova dos peixes) e as espécies marinhas.


 


Dados do Instituto Nacional das Áreas Protegidas (INAP) referenciam 15% do território guineense como sendo considerado área protegida.


 


A Fundação BioGuiné foi criada para gerir o Sistema Nacional das Áreas Protegidas e coordenar o desenvolvimento social sustentável das comunidades.


 


@Lusa


 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D